Sexta , 15 de Dezembro de 2017
 
Variedades
Publicada em 13 de Dezembro de 2017 ás 17:22:38

QUANDO O MENSAGEIRO SE APAIXONOU!!!

internet

 Por favor, sou Gabriel, mas não sou mais anjo, me deixa viver meu amor.

Por: Agostinho Costa (Poeta e Escritor)

“Acredita em anjo? Pois é, sou o seu(...) por isso estou aqui, vim cuidar de você te proteger, te fazer sorrir(...) vou secar qualquer lágrima que ousar cair vou desviar todo mal do seu pensamento, e eu descubro que além de anjo, eu posso ser o seu amor”. Com essa introdução de fragmentos da bela composição de Leonardo Reis/Saulo Fernandes APENAS UM OLHAR, mergulha e se banha no poço dos apaixonados.

Quem diria que de uma mera troca de olhares na sala na classe entre uma aula e outra nasceria uma paixão! Quem diria que há oito meses meus braços (pois cortaram minhas asas) cobriam e protegeriam você na sua totalidade? Quem diria? “Não é só porque o beijo dá certo, não é só porque a pele arrepia é porque a gente se completa e o cara lá de cima sabia (...). Nunca foi sorte ou acaso a gente se encontrar já achei tudo em você não preciso mais procurar”, nossa música! Você chegou de mansinho, calma serena e tranquila e quando percebi já estava embriagado desse sentimento hoje tão banalizado. Mas, estava já escrito nas estrelas nossa história, quiçá no caminho iluminado pelas velas que coloque para que não se confundisse com a chama febril do meu olhar apaixonado.

Às vezes me pego sorrindo ao lembrar tudo que passei até chegar até seu coração. Minhas pernas tremiam, minha boca seca, meu corpo brasa viva, e seu pai me encurralando para saber de minhas intenções. Será que não estava já desenhado no meu olhar tudo que já vivíamos? Confesso, que no momento só pensei em gritar para os quatros cantos o que nós sentíamos, mas ao olhar em volta vi que todas já sabiam, isso acalentou meu coração. Não sei, mas confesso que a partir do dia que perdi minhas asas perdi também o medo de ser feliz, agora não voo para o céu e sim pra seus braços ao encontro do meu apogeu. Tenho medo que elas voltem a crescer e tenha que voltar a ser mensageiro de boas novas, diria: Boas novas pra os outros porque pra mim seria o fim, já não me vejo sem você. Hoje você é uma historia dentro da minha historia.

O mundo me chama, o céu me chama, a vida me chama, porém, só sei seguir o som da sua voz. Essa voz que por alguns instantes tremeu quando se deparou com aquele quarto cheio de balões, cheio de flores, cheio de vida, cheio mim, cheio do nosso amor. Ah, que dia mágico! Num ato súbito o silencio deu vazão ao meu turbilhão de palavras lançadas como fechas ao seu encontro, diria que até titubeei ao imaginar que poderia me dizer NÃO, mesmo sabendo que não ouviria isso, saí do eixo, porém, você me abraçou e me trouxe pra si, de onde não devo sair mais, afinal, estamos tatuados e entrelaçados.

Meu dia só começa quando ouço sua voz, aí num ato súbito minha vida ganha cor, e acabo transmitindo cor para o mundo. Acho que talvez não somos compreendidos, porém, o que importa se nosso mundo se resume a nós dois? Sou seu ontem, hoje e amanhã, afinal, o talvez não nos habita. Não sabia que amar doía! Explico: A dor que sento quando não estou com você quando não ouço sua voz, quando não sinto teu cheiro, quando não nos olhamos, tudo dói, chega doer mais do quando cortaram minhas asas, todavia, o que já me causou dor, hoje me faz feliz, pois, se não estivessem cortado, agora não estaríamos aqui e apaixonados. Há! Que sensação boa.

Hoje me banho no poço dos apaixonados, entretanto, ao sair percebo que minhas asas estão nascendo de novo. Não... Não quero tê-las, prefiro ser humano com todas as mazelas do que deixar meu amor pra trás. Ó vida! Por que quer me punir? Por favor, sou Gabriel, mas não sou mais anjo, me deixa viver meu amor. Mas, de repente você me beija O coração dispara e a consciência sente dor e eu descubro que além de anjo eu posso ser o seu amor.

Folha do Reconcavo

Mais Notícias
Empresa de Editorao de Jornais e Revistas Ltda-Me Todos os Direitos Reservados.
Rua do Pass, n 114, Andar 1, Centro- CEP: 43.805-090
Candeias - BA
Fone: 71- 3601-9220 / 71- 98633-1278 /
Email: folhareconcavo@gmail.com