Terça , 20 de Fevereiro de 2018
 
Coluna de Claudomiro Bispo
 

ESTILOS POLTICOS

Diferente do estilo ACM, o governador da Bahia Jaques Wagner, do PT, está se tornando um grande líder político por excelência. ACM tornou-se um grande líder político baiano no seu estilo político: com o “chicote” em uma mão e o dinheiro na outra. Eternizaram-se, com vários bordões, a seu respeito, tais como: “rouba mais faz” “Toninho Malvadeza” “Toninho ternura” “para os amigos tudo, para os inimigos nada.” Dizia-se que ele se fez líder tirando proveito da Ditadura Militar e foi muito oportuno no período do Regime Forte. Até hoje, muitos dos baianos choram a sua morte, inclusive, com a violência que hoje grassa na Bahia, há quem diga que nos tempos de ACM, ladrões de bancos, seqüestradores e outros delinqüentes perigosos, não faziam sala na Bahia. Primeiro matava-se para depois investigar a identidade do criminoso. Entretanto, era temido e respeitado pelos adversários pelas suas atitudes fortes que em defesa da Bahia, peitava e não escolhia tamanho ou autoridade maior que a dele. Para o povão ele era um mito. Morreu dizendo que amava a Bahia.

 Jaques Wagner, já no seu segundo mandato como governador da Bahia, egresso do sindicalismo baiano, onde se especializou em negociar questões delicadas com empresários e governos, aperfeiçoou sua linguagem política assessorando o presidente Lula dirigindo a pasta federal de relações institucionais, a qual deixou para ser governador da Bahia, ganhou estilo próprio, quebrando paradigmas dentro do PT, hoje, democraticamente, diplomacia e na boa lábia, montou um esquema de governo com políticos de várias espécies, inclusive, com inimigos ferrenhos do passado, convidando-os para o seu projeto político/administrativo e está se dando bem. Liderando geral.  Em Candeias, circula a boca pequena nos bastidores da política local que Wagner vai se meter na política da cidade com vistas às eleições de 2012, objetivando fazer o prefeito. Pelo que se sabem aliados da base de governo nas eleições passadas, estão sendo convidados os prefeituráveis Jair Cardoso, vereador Bobó, Marcus Vinícius, Carlos Alberto, deputado Isidoro para juntarem com os petistas Loteba, a vereadora Marivalda e o sindicalista Robson Santana e de quebra, o guardião do tesouro estadual Carlos Martins, amigo pessoal do governador para formar um grupo de onde na ocasião oportuna sairá o nome do candidato a prefeito e no bojo desse projeto, será feito um convite para uma dobradinha com a máquina do PMDB. Se não cassarem Maria, esse projeto pode dar certo.

 

Publicado em 12/06/2011 ás 13:14

Leia Também
 

 
 
 
Empresa de Editorao de Jornais e Revistas Ltda-Me Todos os Direitos Reservados.
Rua do Pass, n 114, Andar 1, Centro- CEP: 43.805-090
Candeias - BA
Fone: 71- 3601-9220 / 71- 98633-1278 /
Email: folhareconcavo@gmail.com