Terça , 20 de Fevereiro de 2018
 
Coluna de Valci Barreto
 

Sinho do Vitria .

Valci Barreto
Muraldebugarin.com
TV RUA
 
Li uma matéria no Correio a respeito de um torcedor fanático do Vitoria, cujo filho de 6 a 7 anos, era torcedor do Bahia.
O torcedor é SINHO DO VITORIA, morador em Salvador.
Um dia, a Jornalista Luciana Barreto, minha filha, chega em minha casa, vindo de Brasilia, conta a historia da reportagem que, achando-a interessante, combinou encontro com Sinho do Vitória e fomos sua casa, eu na condição de pai , companhia , motorista e por demais, também , curioso com a matéria.
Fomos recebidos por Sinho, sua esposa e lá estava o seu filho com todas as roupas do Bahia: não dorme, não anda, não vai a lugar nenhum sem os símbolos do Bahia. A mãe tem que se desdobrar para achar lojas que vendam coisas do Bahia, senão não terá a companhia do filho.
Na matéria do Correio, afirmava Sinho e ali confirmou para nós, que ia entregar o filho para a avó, caso,até os dez anos, por ai, não mudasse para o Vitória.
O que aqui vou contar terá desdobramentos em outros textos pois a historia de Sinho foi se dedobrando , caminhando para o seu Bar, que mantem em sua casa, tudo com símbolos do Vitoria, mas que é sustentado, diz Sinho, pela torcida do Bahia.
É que, segundo ele, e toda a rua, os torcedores do Bahia, mesmo quando perde jogo, toma conta do bar, compra todas as cervejas, tira gostos e paga tudo direitinho, dando ainda gorjeta.
Já a torcida do Vitoria o maltrata. Em vez do lucro, lhe dá prejuízos: é pouca gente do Vitoria que frequenta o Bar, toma pouca cerveja, nenhum tira gosto e muitos ainda saem devendo e lá não voltam mais.
Porém, diz sinhô, mesmo sendo maltratado pelos torcedores do Vitória, jamais mudará de time, nem o Bar terá outros adereços. E de tudo fará para “salvar “ seu filho da condição de torcedor do Bahia.
Sinho tem outro filho,  Denisom ,  bom de bola, que está tentando profissionalizar-se como jogador de futebol.
Denison andou tentando times no Rio de Janeiro, levado por olheiros ,  treinou em times da Bahia e atualmente está no Galicia .
Agradando ao seu treinador Mazinho, pretende este leva-lo para o Goiás, segundo se comenta.
Amanhã, dia 29.09, às 09 horas, Denison jogará mais uma vez pelo Galícia e Sinho do Vitória lá estará para apoiar a sua esperança: de um dia Denison jogar no Vitória, seu time de coração.
Mas não se importará se for para o Bahia. A final, já está  acostumado com a torcida do tricolor baiano, que enche o seu bar e lhe dá lucro.  E  já desistiu de mandar o maior torcedor do Bahia da sua casa para a casa da avó.
Perguntado a Sinho, se Denilson um dia golear o Vitória, em uma final do campeonato baiano, qual lágrima banhará seu rosto: a da alegria ou da raiva.
Sinho não vacilou: a da alegria por um olho, a da raiva pelo outro!
Amanhã, dia 29.09, Denison jogara pelo Galícia, em seu estádio, 09 horas pelo campeonato baiano de juniores.
Fone de Sinho do Vitória: 86058865
 

Publicado em 28/09/2012 ás 12:15

Leia Também
 

 
 
 
Empresa de Editorao de Jornais e Revistas Ltda-Me Todos os Direitos Reservados.
Rua do Pass, n 114, Andar 1, Centro- CEP: 43.805-090
Candeias - BA
Fone: 71- 3601-9220 / 71- 98633-1278 /
Email: folhareconcavo@gmail.com