Segunda , 23 de Outubro de 2017
 
Coluna de Paiva Netto
 

Santiago Andrade

No último dia 10, chegou-nos a triste notícia do falecimento do cinegrafista Santiago Ilídio Andrade, da Rede Bandeirantes, ferido na cabeça por um rojão quando cobria protesto realizado no Rio de Janeiro, em 6 de fevereiro.

A ele, na Pátria Espiritual, nossos votos de Paz. À sua esposa, Arlita Andrade, filha e enteados, e aos colegas de trabalho, nossas orações e condolências.

Em um gesto de humanidade, a família autorizou a doação dos órgãos de Santiago para ajudar outras vidas. Belo exemplo de que a violência jamais pode ter espaço na Alma do brasileiro.

 

O QUE ESTÁ HAVENDO COM A TERRA?

As visíveis mudanças climáticas no mundo vêm acarretando grandes transtornos, sofrimentos e mortes. No Brasil, por exemplo, virou rotina os índices que medem as condições meteorológicas baterem recordes. Agora mesmo, o calor excessivo está causando muitos problemas.

Há quem acredite que tudo isso faça parte de um ciclo natural do planeta. Mas será que a ação humana, quando ignora a própria sustentabilidade, não tem intensificado esse processo?

 

 

SÓ AMIGO ADVERTE AMIGO

Lembrem-se de que hoje tudo é mais rápido. Ouve-se falar e se assiste em tempo real sobre a expansão de desertos onde havia florestas frondosas, a ponto de a ONU dedicar os anos de 2010 a 2020 ao tema da desertificação; seca em locais onde jamais ocorrera tal coisa. E o pessoal continua dizendo impropriedades a respeito do Apocalipse de Jesus, como se ele fosse o culpado de tudo.

Por acaso, são as folhas de papel nas quais estão impressas as profecias bíblicas que provocam essas catástrofes, ou nossa estupidez militante e ganância sem termo? (...)

O pastor Jonas Rezende, em seu livro “O Apocalipse de Simão Cireneu”, refere-se a essa distorção histórica: “O Juízo Final poderia acontecer, não por arbítrio divino, não como um evento inevitável, como sempre se compreendeu, a partir das Escrituras, mas por conta da ação predatória do próprio homem”.

Análise incontestável. Aliás, é o que comentei em “Jesus, o Profeta Divino” (2011), tema sobre o qual venho discorrendo nas últimas décadas.

 

UTILIDADE PÚBLICA

O verão este ano e a falta de chuva em vários Estados reforçam a necessidade de economizarmos água, energia elétrica, enfim, não sermos perdulários. E, com as altas temperaturas, cuidados básicos para preservar a saúde não podem ser ignorados.

Além de manter uma alimentação saudável e hidratar-se, é preciso atenção com o sol, principalmente ao ar livre, na praia, na piscina.

O dr. Adilson Costa, chefe de serviço de dermatologia da PUC de Campinas/SP, recomendou: “Primeiro: evitar exposição solar entre 10 e 16 horas. Segundo: aplicar fotoprotetores na pele de forma muito exagerada a cada duas horas. Nós orientamos um fotoprotetor com FPS de no mínimo 30.  E de preferência que a pessoa use óculos escuros, chapéus de abas largas, aquelas roupas que tenham fatores de proteção solar nas suas formas (...)”.

O câncer de pele é ainda um dos mais frequentes no Brasil. Oportunas, pois, as observações do dr. Adilson ao programa “Viver é Melhor!”, da Super Rede Boa Vontade de Rádio. A relação de frequências encontra-se disponível no portal www.boavontade.com.

Publicado em 12/02/2014 ás 10:53

Leia Também
 

 
 
 
Empresa de Editorao de Jornais e Revistas Ltda-Me Todos os Direitos Reservados.
Rua do Pass, n 114, Andar 1, Centro- CEP: 43.805-090
Candeias - BA
Fone: 71- 3601-9220 / 71- 98633-1278 /
Email: folhareconcavo@gmail.com