Quarta , 23 de Agosto de 2017
 
Coluna de Paiva Netto
 

Dia Mundial do Rim

 Na quinta-feira, 13 de março, será mundialmente comemorado o Dia do Rim. A iniciativa tem como prioridade a prevenção da Doença Renal Crônica (DRC), fornecendo informações sobre a importância do diagnóstico precoce e quanto aos cuidados com os fatores de risco, entre eles a hipertensão arterial, o diabetes mellitus, a obesidade, o tabagismo e a presença de histórico familiar de doença renal.

Segundo a Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), este ano o tema será “1 em 10. O Rim envelhece, assim como nós”. E mais: “A ideia central é chamar a atenção para a alta prevalência da DRC, que pode chegar a 10% da população, especialmente entre os idosos, porque o risco de desenvolvimento da doença aumenta com o envelhecimento”.

O dr. Daniel Rinaldi dos Santos, presidente da SBN, ressalta que “através de exames extremamente simples, você consegue detectar precocemente se é portador de alguma alteração renal e tomar medidas preventivas para evitar a evolução da doença”. Portanto, não deixemos para amanhã providências que podem impedir graves problemas.

E noticia o conhecido nefrologista: “Uma das coisas que a equipe da Sociedade Internacional [de Nefrologia] está preconizando é que se comemore o Dia Mundial do Rim, bebendo um copo d’água! Uma forma de lembrar que a água faz bem para o rim. Todo mundo brindar com um copo d’água!”.

Para outras informações, acesse os sites www.sbn.org.br e www.boavontade.com.

 

SAÚDE MATERIAL E ESPIRITUAL

Os rins devem ser muito bem tratados. Do seu bom funcionamento depende a saúde geral do organismo. Ao filtrar o sangue, tirando-lhe as impurezas, torna-se um parceiro indispensável do coração que, por sua vez, faz o fluido vital circular pelo corpo.

Não é por acaso que esses dois órgãos estão destacadamente mencionados nas Escrituras Sagradas. No Apocalipse de Jesus, 2:23, temos a famosa passagem em que o Médico Celeste declara: “Todas as igrejas conhecerão que Eu sou aquele que sonda rins e corações. E retribuirei a cada um segundo as suas obras”. Ele conhece bem o nosso íntimo e os processos com que nos intoxicamos e desintoxicamos, porque os rins (como de certo modo o fígado) são os filtros do corpo. Espiritualmente falando, ocorre o mesmo.

É possível observar que o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista, nos avalia de acordo com o que produzimos, de bom ou de mau, resultante de nossas emoções (coração) e pensamentos (rins). Contudo, fica subentendido ainda que a qualidade da saúde será um reflexo do tratamento dado a essa admirável engenharia fisiológica (corpo humano) que serve ao Espírito de instrumento para evolução na Terra.

 

 

CARLOS CHAGAS

O amigo Carlos Chagas, jornalista e comentarista político, promoveu recentemente, em Brasília/DF, uma sessão de autógrafos do seu livro “A ditadura militar e os golpes dentro do golpe: 1964-1969”.

Utilizando suas próprias memórias e relatos publicados em jornais da ocasião, o autor, que é conselheiro da Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica do ParlaMundi da LBV,  nos apresenta uma nova perspectiva dos anos 1964 a 1969.

Meu agradecimento ao ilustre escritor pela honrosa dedicatória: “Para o caro chefe José de Paiva Netto, com a admiração do Carlos Chagas”. 

Publicado em 17/03/2014 ás 10:00

Leia Também
 

 
 
 
Empresa de Editorao de Jornais e Revistas Ltda-Me Todos os Direitos Reservados.
Rua do Pass, n 114, Andar 1, Centro- CEP: 43.805-090
Candeias - BA
Fone: 71- 3601-9220 / 71- 98633-1278 /
Email: folhareconcavo@gmail.com