Terça , 20 de Fevereiro de 2018
 
Coluna de Claudomiro Bispo
 

Candeias faz 52 anos, uma "cora" enxuta, rica mas cheia de problemas

Candeias, 52 anos de sua emancipação política, econômica e administrativa. Aparentemente, uma “coroa” enxuta, rica pela exibição das riquezas extraídas do seu subsolo (o petróleo), terreno fértil para a implantação de indústrias, um pólo turístico não explorado (o religioso), contribuiu, economicamente, no ciclo da cana de açúcar para o Brasil Colônia, é tida como a mãe do petróleo no Brasil, por que, apesar do petróleo ter nascido na periferia de Salvador, precisamente, no Lobato, mas feneceu de imediato. Foi em Candeias que o “ouro” negro jorrou em abundância e tornou-se o novo Eldorado do Brasil. A Petrobras é tida também, como uma filha ingrata, que cresceu,ficou famosa, ganhou o mundo e continua ignorando os cruciais problemas do município que em sua maioria são causados pela própria Petrobras. Portanto, mesmo exibindo tanta riqueza, Candeias, está enferma: sem saúde, sem educação, sem cultura, sem saneamento básico, segurança Pública e sem condições, ao menos, de planejar o futuro.

Falta de liderança

Tudo isso, se resume a falta de uma liderança apaixonada pela terra, capaz de buscar junto às diversas empresas instaladas no município, que usufruem, usam e abusam sem darem a contra partida daquilo que é o essencial da responsabilidade social que todos se comprometem, mas não cumprem. Tais como: a Petrobras que patrocina até jogo de dominó pelo mundo afora, e, em Candeias não ergue sequer, uma faixa de parabéns pelo dia do município. Idem Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco, Itaú e as diversas lojas que vêm de fora ganham as benesses do município para se instalarem na cidade a exemplos das lojas: Bompreço, Insinuante, Ricardo Elétrico as lojas de origem Mineira e outras, que pouco se importam com os problemas sociais que elas mesmas causam. Pois, todos sabem que quando vem um sucesso, a miséria vem atrás. Todos, nós somos cúmplice desse processo do desenvolvimento e dos problemas sociais inerentes desse progresso, portanto, cabe a participação de todos nesta grande causa.

Todos reclamam do poder público e dos políticos

A reclamação é geral: ruas esburacadas, trânsito caótico, a educação sem educação, a saúde na UTI, a falta de segurança pública e culpa até a polícia pela violência no dia-a-dia da cidade, entretanto, nós da sociedade civil devidamente constituída e organizada, não fazemos a nossa parte pela omissão dos fatos. A exemplo dos comerciantes que põem cavaletes em frentes de suas lojas, estacionam em locais proibidos, trafegam na contra-mão, não respeitam a sinalização. As pessoas comuns também não fazem a sua parte, não respeitam a fila, ignoram o direito do idoso, deficiente, gestantes, jogam lixo em local indevido, dilapida o logradouro público, votam por um milheiro de blocos, por um saco de cimento, por uma cesta básica e depois tome-lhe críticas nos políticos que sua rua está sem lâmpadas nos postes, o lixo não foi recolhido, o esgoto está entupido entre outras dezenas de reclamações.

As eleições estão aí

Três de outubro vão ter eleições para presidente da República, senador, deputado federal, deputado estadual e para governador. Essa é à hora do povo, isto é, se o povo estiver preocupado com o povo. Os candidatos estão aí subindo e descendo fazendo zuada e pedindo votos. Tem candidatos para todos os gostos: ficha suja, ficha limpa, corrupto, lalau, trambique iro, estelionatário, preguiçoso analfabeto, inexperiente, incapaz, picareta e os bonzinhos. Você é quem sabe que tipo de candidato quer mandar para o Palácio do Planalto, Câmara Federal, Senado da República, Palácio de Ondina a para a Assembléia Legislativa da Bahia. Escolha é sua, você vai exercer no dia três de outubro, o seu direito de cidadão. Se você vender seu voto, vendeu também o direito de ter direito e de reclamar por seus direitos.   

 

Publicado em 09/08/2010 ás 09:46

Leia Também
 

 
 
 
Empresa de Editorao de Jornais e Revistas Ltda-Me Todos os Direitos Reservados.
Rua do Pass, n 114, Andar 1, Centro- CEP: 43.805-090
Candeias - BA
Fone: 71- 3601-9220 / 71- 98633-1278 /
Email: folhareconcavo@gmail.com