Domingo , 26 de Março de 2017
 
Coluna de Luciano Timóteo
 

Pagar o preço?

“Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo;”

Efésios 1.3

“E nos ressuscitou juntamente com ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus;”

Efésios 2.8 

 

Como você se sentiria em saber que está pagando por algo que já está pago?

Indignação descreve bem está sensação não é?

Quando os jornais noticiam, por exemplo, algum médico solicitando pagamento para prestar serviço público/gratuito nos é estarrecedor!

Pois bem, muitos cristãos ainda hoje, afirmam: “pagar o preço”, para tudo o que Jesus já pagou, o que não faz sentido!

Pois a Salvação é pela graça e manter-se salvo é pela fé! (Efésios 2.8).

Nós herdamos muito do comportamento indulgente romano, e isso soa-me como auto-justiça, entretanto nossa “justiça” para Deus é como trapos de imundícia (Isaías 64.6). Queremos pagar (tornarmo-nos merecedores) por tudo, barganhar com Deus aquilo que Jesus já nos conferiu gratuitamente.

 

Queremos pagar pela cura que já foi paga (Isaías 53.4-5)

Queremos pagar pela prosperidade que já foi paga (2ª Coríntios 8.9/ Efésios 1.3)

Queremos até pagar pela salvação de alguém de nossa família, o que é absurdo!

 

Isso anula totalmente a obra do calvário, é contraditório ao que diz a bíblia (Mateus 7.11), amados respeito a fé e o nível de entendimento de cada um, mas fazer tais afirmações é menosprezar tudo o que Jesus já fez por todos nós.

A igreja brasileira foi ensinada a ser serva de Deus, porém somos filhos/amigos (João 1.11-12 / 15.13-16), E como filhos (legítimos, diga-se de passagem), somos herdeiros e co-herdeiros de Deus (Romanos 8.15-17).

O que nos cabe agora é crer (Hebreus 11.6), e tomar posse da vida abundante (João 10.10), E andarmos do modo digno dos filhos de Deus (Colossenses 1.19-22).

Vale salientar que dedicar tempo na presença do Pai não é pagar preço, pelo contrario é prazer esta na presença do Pai, assim como um ser humano tem necessidade de comer, beber, dormir... Da mesma maneira que: orar, jejuar, oferta… São ações naturais de quem nasceu de novo!

Interessante é que um jovem rico busca salvar-se com o coração atado aos seus bens Jesus então aconselha-o a desapegar-se de tudo aquilo, o jovem não consegue e parte…

Pedro então pergunta a Jesus: “ Eis que nós deixamos tudo e te seguimos; que receberemos? A resposta de  Jesus é formidável: “Em verdade vos digo que vós, que me seguistes, quando, na regeneração, o Filho do homem se assentar no trono da sua glória, também vos assentareis sobre doze tronos, para julgar as doze tribos de Israel.”

“ E todo aquele que tiver deixado casas, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou terras, por amor de meu nome, receberá cem vezes tanto, e herdará a vida eterna.” (Mateus 19.16-30)

 

“Então amado irmão pare agora de “pagar o preço” e aceite tudo o que Jesus fez por nós de graça, Afinal:  “ E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.” (João 17.3)

 

Publicado em 19/04/2015 ás 23:25

 
 
 
Empresa de Editoração de Jornais e Revistas Ltda-Me Todos os Direitos Reservados.
Rua do Passé, nº 114, Andar 1, Centro- CEP: 43.805-090
Candeias - BA
Fone: 71- 3601-9220 / 71- 98633-1278 /
Email: folhareconcavo@gmail.com