Sexta , 15 de Dezembro de 2017
 
Candeias
Publicada em 10 de Agosto de 2017 ás 20:55:14

Candeias: Juiz vê avanço na requalificação do hospital Ouro Negro

Foto Reprodução

O juiz da 12ª Vara federal, Ávio Moraes, visitou na manhã desta quinta-feira (10), o Hospital Ouro Negro para ver de perto a situação atual. Responsável pela interdição do hospital na gestão passada, ele visitou as dependências, demonstrando surpresa e satisfação. “O Hospital estava sem nenhuma condição de uso. O prefeito está dando uma grande atenção ao hospital. O resultado de nossa visita é superpositivo. Estamos contentes com o que vimos, estou diante de um novo hospital, gostei muito do que vi” afirmou o magistrado. 

O juiz Ávio Moraes destacou ainda que, após a inclusão de um funcionário da Prefeitura para fazer o elo entre as partes, o trabalho teve enorme ganho. “Incluímos uma pessoa para fazer a ponte entre a Prefeitura e a intervenção e ganhamos muito mais celeridade no processo”, afirmou. Várias conquistas aconteceram no hospital nos últimos meses, como a reforma das estruturas e do centro Cirúrgico. Durante a entrevista, o Juiz falou ainda sobre o total abandono da cidade na gestão passada. “A administração anterior deixou um caos em tudo e a gestão atual vem trabalhando para mudar esse quadro”, finalizou.

Para o prefeito Dr. Pitagoras Ibiapina, a visita do Juiz foi muito positiva e uma cortesia, pois o resultado da avaliação é resultado dos esforços da administração para uma melhor estrutura para a população. “Ficamos satisfeitos com o posicionamento do Dr. Ávio. A intervenção está aqui para recuperar o prestígio do hospital com o município. Teremos uma nova reunião em Setembro com o Juiz para que ele realize uma nova avaliação do trabalho que estamos realizando na unidade”, finalizou.  

Segundo o magistrado, a intervenção caminha para um fim, assim que a administração atender todas as indicações. ”A secretária de Saúde (Soraia Cabral) vem empenhando todos os esforços para que chegue ao fim. Penso que tanto o Ministério Público Federal e o Ministério Público Estadual que são os autores dessa Ação Civil, têm o mesmo pensamento do juízo, ou seja, que o quanto mais rápido o município puder adotar essas providencias e terminá-las, a intervenção será extinta”.

O juiz federal ainda afirmou que a situação em que se encontrava a Saúde da cidade era lastimável. “Não havia mais sequer por parte dos fornecedores e dos médicos a intenção de prestar serviços, por conta da corrupção que existia dentro da administração anterior e isso está sendo examinado em outro processo judicial”. O magistrado parabenizou a cidade pelo 59° aniversário de emancipação. “A justiça está contribuindo com o município com a intervenção, porque a administração anterior que está sendo processada por corrupção, deixou a saúde de Candeias em verdadeiro caos absoluto”. 

Folha do Reconcavo

Mais Notícias
Empresa de Editoração de Jornais e Revistas Ltda-Me Todos os Direitos Reservados.
Rua do Passé, nº 114, Andar 1, Centro- CEP: 43.805-090
Candeias - BA
Fone: 71- 3601-9220 / 71- 98633-1278 /
Email: folhareconcavo@gmail.com